Notícia

Destaques da Semana – 30 ago. 2013

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

No Brasil, Apple quer registrar termo ‘startup’ como marca há quase 3 anos

Fabricante quer palavra para nomear softwares de computador, e celulares.

Empresa fez pedido para registrar ‘startup’ na Austrália nesta semana.

Do G1, em São Paulo

A Apple entrou com um pedido para registrar a marca “startup” na Austrália nesta terça-feira (27), o que vem gerando discussão no mundo da tecnologia. No entanto, a dona do iPhone –marca que no Brasil não pertence a ela, mas à Gradiente– tenta há mais quase três anos registrar o termo no país como marca para diversos produtos e serviços.

Saiba mais em:

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2013/08/no-brsil-apple-tenta-registrar-palavra-startup-como-marca-ha-quase-3-anos.html

Ericsson exigiu bilhões de dólares a mais por patentes, diz Samsung

Ericsson quer que ITC proíba a importação do Samsung Galaxy S III, Galaxy Note e Galaxy Tab 7.7 e outros produtos da Samsung, incluindo TVs.

LOEK ESSERS, IDG NEWS SERVICE

29 de agosto de 2013

A Samsung Electronics afirma que a Ericsson está pedindo bilhões de dólares a mais por patentes, depois que o seu acordo de licença expirou em 2007. A companhia reclamou por escrito e o documento foi arquivado na Comissão de Comércio Internacional dos EUA (ITC) na segunda-feira (26).

Saiba mais em:

http://computerworld.uol.com.br/negocios/2013/08/29/ericsson-exigiu-bilhoes-de-dolares-a-mais-por-patentes-diz-samsung/

Patentes de softwares se tornam ilegais na Nova Zelândia

Governo do país alegou que patentes de softwares prejudicam a inovação e criação de novos programas.

O Governo da Nova Zelândia decidiu que não é possível patentear softwares no país, já que a ação prejudica o desenvolvimento de programas de código aberto. Sendo assim, foi aprovado um projeto de lei que exclui programas de computador da lista de itens que podem ser classificados como invenções e, portanto, não são passíveis de patente.

Saiba mais em:

http://www.tecmundo.com.br/projeto-de-lei/43850-patentes-de-softwares-se-tornam-ilegais-na-nova-zelandia.htm

Villa-Lobos e Bonfá não podem usar nome “Legião Urbana”

quarta-feira, 28/8/2013

A 5ª câmara Cível do TJ/RJ negou, por unanimidade, provimento a agravo de instrumento contra decisão que suspendeu liminar permitindo a Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá usarem o nome da banda Legião Urbana, da qual fizeram parte junto com Renato Russo.

Saiba mais em:

http://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI185172,81042-Villa-Lobos+e+Bonfa+nao+podem+usar+nome+Legiao+Urbana

INPI simplifica reconhecimento de marcas de alto renome

Até o primeiro trimestre de 2013, o instituto tem 89 registros. Deste total, 71 nomes são da Federação Internacional de Futebol (Fifa).

SÃO PAULO

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) publicou na última semana a Resolução 107 que simplificará o procedimento para que as empresas possam pedir o reconhecimento de suas marcas como símbolos de alto renome.

Saiba mais em:

http://www.dci.com.br/legislacao/inpi-simplifica-reconhecimento-de-marcas-de-alto-renome-id361449.html

Direitos autorais complicam divulgação completa de discurso de Luther King

O próprio Martin Luther King pediu, meses depois da marcha de 63, para impedir a venda não autorizada do discurso

O discurso “I Have a Dream” (“Eu tenho um sonho”) do reverendo Martin Luther King é um dos mais famosos da era moderna, mas a divulgação completa de seu texto ou de vídeos da época está restrita pelos direitos de propriedade intelectual.

Saiba mais em:

http://noticias.terra.com.br/mundo/estados-unidos/direitos-autorais-complicam-divulgacao-completa-de-discurso-de-luther-king,187b5616190b0410VgnCLD2000000ec6eb0aRCRD.html

 

Nossas
Especialidades

Veja nossas principais áreas de atuação