Notícia

Bad (legal) blood: questões legais por trás da decisão de Taylor Swift de regravar seus álbuns

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

A nossa advogada Beatriz Dornelas escreveu o artigo “Bad (legal) blood: questões legais por trás da decisão de Taylor Swift de regravar seus álbuns”, veiculado pelo Estadão no dia 7 de junho deste ano.

O artigo aborda a notícia recente e amplamente divulgada da possível regravação dos primeiros álbuns da carreira de Taylor Swift pela própria artista. No entanto, visa aprofundar as problemáticas legais no âmbito do direito autoral a respeito dessa ação e que envolvem também a sua antiga gravadora.

De acordo com Beatriz, “seguindo a prática de mercado da época, refletida nos contratos assinados pela artista, a gravadora é titular dos direitos sobre os álbuns gravados. Ou seja, na verdade Taylor Swift não é a proprietária de seu acervo”.

Para ler o conteúdo na íntegra, acesse aqui o link do artigo no Estadão.

Nossas
Especialidades

Veja nossas principais áreas de atuação